QUE A LUZ DA TUA PRESENÇA BRILHE NO MEU CÉU INTERIOR

Um Curso Em Milagres é um curso em mim e em ti.
É a resposta para o que buscamos e a certeza de que a Fonte está aqui e agora.

EU ME AQUIETAREI POR UM MOMENTO E IREI DE VOLTA PARA CASA.

Por que eu escolheria ficar mais um momento onde não é o meu lugar, quando o próprio Deus Deu-me a Sua Voz para chamar-me de volta à casa?

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

NATAL


O significado do Natal



Aprendemos ao longo de nossa vida que o nascimento de Jesus é um evento histórico que ocorreu uma única vez e que não pode se repetir.

Um Curso em Milagres vem reverter este pensamento afirmando que o Natal é um símbolo de um princípio que precisa ser ativado em nossa vida hoje, aqui e agora.

Jesus diz em Um Curso Em Milagres que esta estação do Natal é a que se celebra o nascimento da santidade no mundo. Esta é a primeira e clara definição do que é o Natal para o Curso. Reafirmando: O nascimento da Santidade no mundo, como clara referência de que este mundo, assim como o vemos, não é santo. E, por não ser santo, está distante da Presença ou da Palavra de Deus. E a única forma que há para podermos reverter as coisas é através desta "força" que o Curso denomina "Santidade". O nascimento de Jesus pode ser entendido como o nascimento desta Santidade. Mas a questão é que temos aprendido que este evento é único e que não se repete. O Curso nos ensina que este evento é e pode repetir-se em sua essência, ou seja, o nascimento da santidade em nossa vida agora mesmo.

Jesus nos diz que Cristo nasce agora, sem passado nem futuro e que Cristo vem dar a bênção do presente ao mundo. Só no agora é que podemos ter a consciência da presença de Cristo em nós, do Amor que é a nossa essência. O perdão completo que oferecemos ao mundo e a nós mesmos é que torna possível atingirmos esta consciência. O único momento que existe para mudar a percepção é o agora, é o presente. E todos nós temos sido indiferentes para com este agora.

Nossos pensamentos passados têm se mantido de forma que se repetem no futuro e, assim, pensamos que agora não podemos fazer absolutamente nada para mudar qualquer situação e nos tornamos vítimas deste pensamento equivocado. Precisamos acreditar que o perdão é a chave da felicidade.

Jesus nos ensina que agora é onde o passado deixa de interferir no futuro e um novo futuro se apresenta. Assim deixamos de trazer nossas experiências passadas como indicadoras de situações futuras.

É fundamental entender que Cristo nasce aqui para derramar suas bençãos no mundo. Estas bençãos são as que revertem a forma como as coisas acontecem e as restauram ao amor. O significado das bençãos está na restauração das coisas do Amor para o Amor.

Jesus diz que o símbolo do Natal é um estrela, uma luz na escuridão. E diz também: não a vejas como algo fora de ti, mas como algo que brilha no céu interno. É uma força que está dentro de nós. E a única coisa que necessitamos para colocá-la em ação é da nossa vontade. Esta força é a que põe fim ao mundo tal qual o vemos agora. E faz nascer um mundo que celebra a paz.

Ao falar do nascimento de Jesus, ou de Cristo, ou da Santidade, ou do perdão (são palavras relacionadas), simplesmente estamos fazendo referência a um princípio que transcende estas palavras. É a representação de uma Força neste mundo que é oposta à força que governa este mundo.

Para permitir que uma lição diferente coloque tudo numa perspectiva correta, necessitamos de algo que dentro de nós, há anos espera para nascer.


Está em teu poder tornar santa essa estação, pois está em teu poder fazer com que o tempo de Cristo seja agora. É possível fazer isso tudo imediatamente, pois não existe senão um deslocamento de percepção que é necessário, já que cometeste apenas um equívoco. Parecem muitos, mas todos são o mesmo. Pois embora o ego tome muitas formas, é sempre a mesma idéia. O que não é amor, é sempre medo e nada mais.

Não deixes nada escurecer a alegria do Natal, pois o tempo de Cristo não tem significado à margem da alegria. Vamos nos unir na celebração da paz, oferecendo o Amor que Jesus nos oferece. O que pode trazer mais alegria do que perceber que não estamos privados de nada?

Assim começará o ano em alegria e liberdade. Há muito a fazer e nós temos estado muito atrasados. Aceita a santidade enquanto esse ano nasce e toma o teu lugar, por tanto tempo vago, no Grande Despertar. Faze com que esse ano seja diferente fazendo com que tudo seja o mesmo amor. E permite que todos os teus relacionamentos sejam santificados para ti. Essa é a nossa vontade. Amém.



texto baseado em entrevista de Patrícia Besada para radio milagros en red 

domingo, 12 de dezembro de 2010

O ALTAR DE DEUS


A luz interior brilha no altar onde o Pai e o Filho são Um.
É no altar interior que a expiação é aceita e a santidade, minha e do meu irmão, é reconhecida.
Graças te dou meu Pai porque todas as pessoas reconhecerão que há um outro caminho, e assim, a expiação entrará e será aceita.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

A EXPIAÇÃO COMO DEFESA

Nada que não venha de Deus tem a capacidade de me afetar.

Nada tem o poder de me ferir.

O que eu tenho valorizado que contraria este pensamento?

Quais são os meus medos?

Por que ter medo de não ser bom o bastante ou de ser rejeitado ou pouco valorizado, se o próprio Deus habita em mim?

Deus é o meu sustento. Ele é a minha Causa e eu sou seu efeito.

Eu sou como Deus me criou. Este pensamento me protege.

Nenhum erro tem o poder de abalar a paz.

Desfazer erros e não investir no medo são condições que me trarão a consciência de que estou em segurança.

Quais são os meus tesouros e quanto eu os tenho valorizado?

O que tenho medo de perder quando é impossível perder o que é real?

A expiação vem para desfazer cada um dos pensamentos equivocados sobre a minha identidade.

Ela desfaz os erros passados construindo a ponte de retorno à Realidade.

domingo, 31 de outubro de 2010

A SEPARAÇÃO E A EXPIAÇÃO


A ORIGEM DA SEPARAÇÃO

Que o Espírito Santo permaneça comigo para me trazer à consciência de que sou pura e simplesmente uma extensão do Amor.
A dádiva da perfeição é para mim. O que tenho e sou é imutável pois esta dádiva é de Deus.
O livre arbítrio existe para me dar alegria e criar o que é perfeito. Assim escolho a alegria de Deus ao invés da dor.
Ter consciência da minha perfeição elimina todo medo.
Quero o milagre de acreditar apenas na Verdade.
Que cada dia e cada instante de cada dia seja dedicado ao reconhecimento de quem sou. E eu não sou um corpo. Eu sou livre.
Estar em paz significa que sou intocável por qualquer expressão de falta de amor.
Que eu esteja em paz.
Aceitar milagres é reconhecer a minha plenitude.
A felicidade e a cura são encontradas na extensão da luz interna, do amor, e não da busca de amor externo.
Estender amor significa estar pleno dele.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

TU REALIDAD INMORTAL - Gary R. Renard (2 de 2)

TU REALIDAD INMORTAL - Gary R. Renard (1 de 2)

DISTORÇÕES DOS IMPULSOS PARA O MILAGRE


Escolher com o Espírito Santo é perceber corretamente. Só assim estarei disposta aos impulsos para os milagres.

Impulsos milagrosos trazem paz, pois fazem a Vontade de Deus.

Se a minha Identidade é o Amor, tudo o que crio tem que ser bom, belo e santo.

O que é bom, belo e santo? É o que dá felicidade perfeita, pois esta é a minha vontade e a de Deus.

sábado, 23 de outubro de 2010

A ILUSÃO DAS NECESSIDADES

Quando eu me perdoar completamente, a consciência da verdade sobre a minha identidade se tornará tão evidente que nenhum senso de privação ou necessidade entrará em minha mente. O que é perfeito tudo tem.

A única necessidade que tenho agora é a de desfazer a idéia da separação.

Deus, o Amor, é a minha Fonte. Essa Fonte é absolutamente constante. E sentir o Amor, que é Deus, dentro de mim elimina qualquer senso de necessidade.

O que pode me faltar se sou Um com aquele que tudo dá?
Necessidades geram medo. Medo de que as necessidades não sejam supridas.

Saber que só o Amor existe é ser livre de qualquer necessidade e, portanto, de qualquer limite.

Sem necessidades e sem limites não há medo.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

INTEGRIDADE E ESPÍRITO

Um canal de expressão sem amor sempre acontece quando acredito que estou num estado de privação ou quando acredito na imagem que fiz de mim.
Um canal de expressão milagrosa traz todos para mais perto do reconhecimento de que o Pai e o Filho são UM.
Uma expressão de amor ensina a unidade e isso traz abundância.
Minhas justificativas para o ataque não me permitirão fazer para o meu irmão o que eu gostaria que ele me fizesse.
Pensamentos ilusórios são raízes superficiais que não tem sustentação.
Pensamentos de integridade expressam que sou Espírito.

sábado, 7 de agosto de 2010

Um Curso em Milagres_ O Filme Trailer.avi

COMO ESCAPAR DA ESCURIDÃO

O que é a escuridão?

É o estado mental em que procuro esconder os meus medos e minhas culpas.

Para escapar da escuridão é preciso reconhecer primeiro que ela não pode ocultar e então reconhecer que eu nada quero ocultar.

Reconhecer e desfazer o que me faz sentir culpa me torna disposto a entrar em comunhão com o meu Ser. Esse reconhecimento e essa comunhão me trazem paz e alegria, que é o estado natural do espírito.

Na escuridão não vejo minha santidade pois deixei o medo entrar.

O milagre me faz reconhecer que sou só espirito. O milagre reconhece só a verdade.

Dissipar ilusões sobre mim mesmo e colocar a mente à disposição do Espírito Santo me prepara para receber e oferecer milagres.

A mente que serve ao Espírito é invulnerável.

Estar na escuridão e ver o pecado é estar mergulhado num senso de escassez.

Se estou ciente da santidade, minha e do meu irmão, eu restituo tudo, toda perfeição, à minha consciência.

Tudo é meu sempre.

O que me faria sentir falta de qualquer coisa? De onde vem o medo? Por que temer não ser bom o suficiente ou de não ser querido e amado?

A resposta está na imagem que tenho feito de mim e dos meus irmãos, está na crença na imperfeição, na culpa e no medo de merecer o desprezo e a acusação. Isso é o que a escuridão quer ocultar.

De onde viria a certeza de que sou amorosa e amável e de que a perfeição e a felicidade são minhas?

Da verdade de que não criei a mim mesmo.

O criador, meu Pai, é Amor, é perfeição, é imutável e, na criação, simplesmente estendeu-se.

Sou uma extensão de Deus, sou um efeito da única Causa e, por isso a escuridão não pode ocultar a verdade sobre mim.

Alegremente perdôo a imagem que fiz de mim mesmo.

Abandono a crença na privação, pois a abundância me pertence.

EXPIAÇÃO E MILAGRES

Jesus está a cargo do cancelamento de todos os erros e cancelar erros é oferecer milagres.

Recusar-se a aceitar o erro em mim e no outro é unir-se a Jesus na grande cruzada pela expiação.

Todos temos capacidade para realizar milagres porque todos temos capacidade para expressar amor.

Os erros não alteram em nada a santidade do Filho.

O significado do Filho de Deus não passará. É eterno pois a vida é eterna.

O céu e a terra deixarão de existir como estados separados.

Sou totalmente amável e amoroso, pois sou um trabalho de Deus.

Se sou espírito e se estou em estado de graça para sempre, então não há dúvidas sobre onde estabelecer o meu reino. Meu reino não é deste mundo e assim me identifico com o meu verdadeiro Ser.

No estado de graça não há medo.

Amar é reconhecer o que sou, e assim, meu irmão também reconhecerá.

Perceber a santidade em mim é olhar para a santidade no meu irmão. Isso é ensinar só amor.

Estar com a mente disposta ou pronta para milagres significa que vejo a santidade igualmente em todos.

Expressar o que sou na verdade, que é expressar um milagre, me coloca em estado de graça.

Reconhecer que sou espírito, que sou parte da Mente de Deus e parte do Amor é experienciar minha essência.

Jesus direciona os milagres para que sejam estendidos de forma que seja soldada uma forte cadeia de expiação.

REVELAÇÃO, TEMPO E MILAGRES

Revelação é o Amor que ama.

É Deus que se estende completamente para Suas criações.

Uma experiência na consciência que me une a Deus.

Quando tenho consciência de que sou um com Deus, simplesmente sei quem sou.

Sei que sou Amor.

A revelação é uma experiência de Amor indizível.

Cabe perfeitamente reverência diante do Amor do Pai, que é o criador.

O criador tudo estende, tudo dá.

Jesus tem direito ao nosso amor por ser nosso irmão e tem direito à nossa devoção porque tem devoção por nós.

Tudo o que Jesus tem vem de Deus e ele não tem nada mais. E por compartilhar o Ser que é, torna a Filiação completa.

A revelação é inspirada pela consciência crística de Jesus, pois ele atrai mais para nós do que faríamos por nós mesmos.

A meta do tempo é o reconhecimento da igualdade da Filiação. Isso parece envolver um tempo sem fim, porém, perdão/milagre vem para diminuir a necessidade de tempo.

O milagre substitui um aprendizado que poderia levar milhares de anos.

Milagres acontecem na união entre irmãos.

Ter consciência da unidade da Filiação me induz à ação que expressa essa experiência.

O milagre é uma expressão de amor entre iguais.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

O SIGNIFICADO DOS MILAGRES

Respondendo sempre com amor tenho a convicção de que não há ordem de dificuldades em milagres.
Responder com amor é ensinar quem sou e quem é meu o irmão. E nisso aprendo que o milagre se expressa sem qualquer ordem de dificuldade.
A Fonte dos milagres vem à minha consciência quando a minha escolha for expressar o amor. E lembrar da Fonte é o que importa.
Tudo o que vem do amor é um milagre.
Milagres curam porque demonstram que não há falta.
Expressar amor reverte as leis físicas e traz mais amor tanto para quem dá como para que recebe. O Amor literalmente cura.
Sempre se tem o que se quer e orar querendo amor faz com que esse amor, ou milagre, seja manifestado.
O milagre é o pensamento que desfaz o senso de separação do ego.
Milagres colapsam o tempo tornando-o desnecessário ou encurtando-o.
Milagres liberam o futuro pois tornam possível perdoar o passado.
Milagres dão testemunho de quem sou e de quem são meus irmãos.
Que o propósito que vejo no tempo seja para aprender a expressar só o que sou. Daí vem a convicção de que a minha vontade é una com a de Deus. Deus e o Amor são Um.
Milagres aumentam a convicção (que é força) de quem dá e suprem a falta de convicção de quem recebe.
Se olho para a Verdade no outro, transcendo as leis físicas. Vejo a verdade nele como a vejo em mim e, assim, o amo como a mim mesmo.
Milagres acontecem quando percebo que sou um com meu irmão e, diante dessa percepção, o pensamento de separação do ego deixa de ter significado.
A expiação é uma completa cadeia interligada de perdão. Expiação é desfazer e milagres desfazem o medo.
Jesus, por ser livre da culpa e do medo, me mostra que o caminho é o perdão para que possa reconhecer que também sou livre.
Os milagres são os meios para alcançar a liberação do medo. A revelação é um fim onde o medo já foi abolido.
Louvar a Deus é o mesmo que reconhecer a perfeição da criação . Milagres curam porque louvam a Deus.
Sentir o amor de deus dentro de mim é reconhecer que há em mim uma luz.
Os milagres me liberam do falso senso de privação, isolamento e carência. Sou Filho de Deus pleno e, diante desta convicção, trabalho em milagres.O corpo, o pecado, a dor, a doença e a morte não são reais. Eu não preciso fazer nada contra o que não é real.
Dizer: "Eu sou espírito, livre de limites, perfeito e íntegro" é louvar a Deus que me criou assim.
O Espírito comunica-se diretamente com sua Fonte. Eu sou só espírito, e nessa consciência me comunico com a Fonte e sei que vivo pois sou um pensamento na Mente de Deus. Vivo porque Deus eternamente pensa em mim. Esta é a realidade do Ser Crístico. Maravilhosa realidade!

INTRODUÇÃO

Agradeço-te meu Jesus, meu amigo.
Agradeço-te pela dádiva do aprendizado.
Por mostrar o caminho que remove os bloqueios à consciência da presença do Amor.
Agradeço-te por me lembrar que o Amor é minha herança natural e por me dar a Paz de Deus.

UM CURSO EM MILAGRES - O QUE DIZ

Quanta liberação há em saber que o que sou nunca pode ser ameaçado.
Porque é imutável.
Porque é uma criação de Deus.
Porque é perfeito como Ele.
Simplesmente porque o que sou é um eterno pensamento que habita a Mente de Deus.
Quanta segurança me traz a consciência de que o que sou é constantemente sustentado pelo Amor.
Compreender que todas as imagens e conceitos que fiz de mim são ilusões e que simplesmente não existem, me faz sentir imensa alegria em desfazer cada uma delas.
Quanta paz vem da afirmação de que "sou como Deus me criou" e de que "o Amor me criou como Ele mesmo".
Distinguir o real do irreal a cada instante e a cada decisão a ser tomada é o propósito que o Espírito Santo me oferece.

A TUA PRESENÇA

O que é esta Presença que tão docemente vem para me dizer quem sou?
O que é esta Presença que tão simplesmente declara minha santidade?
Quão querida e amada é tua Presença Jesus!
Sei que estás aqui para me resgatar das ilusões que fiz.
Compartilhas o que és e declaras que agora somos Um com Aquele Que é Amor.
Seguras minha mão e me dás a confiança de que não a soltarás mais.
Me falas que milagres podem substituir mágoas se assim eu escolher.
Me ensinas que amor é o que sou e que, portanto, devo ensinar só isso.
Me fazes compreender que nenhum limite há em meu Ser quando expressar amor for sempre a resposta a ser dada a todos os meus irmãos.
Que a Luz da tua Presença brilhe no meu Céu interior.
A Presença da santidade cria a santidade que a cerca. Esta santidade é minha porque junto contigo a vejo em meus irmãos.